28 de abr de 2011

O ESTILO DE PETROSSIAN



         TIGRAN PETROSSIAN  (+1929-1984) natural de Tbilisi, República da Geórgia. Aprendeu as complexidades do jogo posicional estudando os livros de Nimzovich e Capablanca. Como resultado, tornou-se o maior mestre da profilaxia que o mundo já viu. Na sua melhor forma, tinha capacidade para prever qualquer plano possível do seu adversário, possuía uma técnica maravilhosa para os finais, e por fim uma enorme percepção tática e uma paciência inesgotável que o tornaram praticamente imbatível. Petrosian nunca foi jogador de vencer muitas partidas. Ele não terminou em primeiro lugar em muitos torneios em que participou entretanto na disputa de séries de partidas (matches), suas qualidades o faziam destacar-se sobre todos os outros jogadores. Em 1963, após um match que se prolongou por dois meses, conquistou o título de campeão mundial a Mikhail Botvinnik, vencendo cinco partidas, perdendo duas e empatado quinze. Três anos depois, defendeu o título contra Boris Spassky, desta vez vencendo quatro partidas, perdendo três e empatado dezessete.Em 1969, Spassky tornou a desafiá-lo e desta vez derrotou-o. Ele gostava de aprimorar lentamente a colocação de suas peças; preferia as posições fechadas, onde podia lutar pelo controle de casas chave. Seu estilo cauteloso fez dele um campeão mundial pouco admirado pelo grande público, e o seu gênio raramente era apreciado por jogadores abaixo do nível de Mestre. Uma grande pena, pois suas partidas são modelos de profundidade e sutileza e recompensam aqueles que se dispõem a estudá-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário