22 de jul de 2011

AINDA SOBRE EMPATES RÁPIDOS ....

O GM RUSTAN  KSIMDZHANOV enviou uma carta aberta  à  FIDE e aos enxadristas do mundo. Ele comenta sobre o momento que o nosso esporte tem atravessado nesses últimos anos. "Existe uma insatisfação geral, vinda de patrocinadores, organizadores, amadores e também entre os profissionais. O motivo? Empates rápidos, partidas sem luta e  brilho. Qual o resultado mais provável entre dois Tops? Empate... Quando um jogador acorda em seu quarto de hotel sabendo que mais tarde enfrentará outro GM ele deveria  ter em mente: hoje eu vou ganhar ou perder... A regra de Sofia não solucionou o problema. Empatar no lance 30 significou esperar pelo lance 30. Precisamos de um resultado. Precisamos de algo diferente, como um tie-breack no tênis! Atualmente o jogador de brancas oferece o empate num final com uma pequena vantagem para economizar energia. As vezes acordam cedo com o propósito: vou empatar hoje e jogar todas as fichas amanhã....Precisamos ver jogadores como Aronian ou Grischuk: pressionam com as brancas e se contorcem com as negras e ainda, mostram suas habilidades no Blitz à um público cada vez maior! É isso que gostaria de ver, e jogar"...
  Do Blog de Susan Polgar,  por "William Stewart".

Nenhum comentário:

Postar um comentário