28 de nov de 2010

ABISMOS...

Como instrutor na arte de Caíssa sou frequentemente questionado em relação as forças e níveis de jogadores: professor, daqui quanto tempo eu vou vencê-lo? Professor, o senhor já foi campeão brasileiro? Ou ganhou dele? Às vezes algo como: ah, se eu pudesse jogar contra esse "tal" de KASPAROV!! Sabemos que para alcançar um nível Internacional, um Grande Mestre tem que gastar milhares de horas estudando centenas de partidas. O talento natural jamais se desenvolveria sem tamanho trabalho. Aquele anônimo, que aprendeu a mover as peças e se interessou pelo jogo, quer derrotar seus amigos ou até mesmo participar "daqueles" Torneios no clube de sua cidade, terá que investir algumas dezenas de horas sobre o tabuleiro... Assim, no Xadrez existem verdadeiros "ABISMOS" entre, digamos, um iniciante até um jogador com força de 1800(rating); OUTRO ABISMO entre esse e outro com 2000; mais um ABISMO para o seguinte de 2300; OUTRO para 2500, e ainda OUTRO, para os lendários 2800!!! É claro que tudo isso é relativo e altamente especulativo, mas o leigo no Xadrez não entende o oceano de idéias e a inesgotabilidade existentes no Jogo e o quanto ele requer estudo e dedicação...

Nenhum comentário:

Postar um comentário